DESCENTRALIZAÇÃO DA SAÚDE

A Santa Casa Montes Claros, em parceria com a Prefeitura Municipal de Taiobeiras e Hospital Santo Antônio, inaugurou na última segunda-feira, 27, o Serviço de Oncologia no município taiobeirense. A solenidade contou com a presença do secretário estadual de saúde, Fábio Baccheretti, de deputados estaduais e federais, além de prefeitos e secretários de cidades da região do Vale do Rio Pardo.

A gestão do serviço será de responsabilidade da Santa Casa Montes Claros, que vai disponibilizar também o corpo clínico e laboral. O superintendente Maurício Sérgio explica que a implantação dessa nova unidade vai trazer mais comodidade e humanização no atendimento dos pacientes oncológicos, uma vez que o deslocamento desses pacientes para fazer a quimioterapia em Montes Claros não será mais necessário.  “O serviço de oncologia clínica vai beneficiar todos os pacientes da região do  Vale do Rio Pardo. Além disso, também será possível realizar outros procedimentos de médio porte também no Hospital Santo Antônio, uma vez que ele se encontra totalmente preparado e dará todo suporte para nossa unidade quimioterápica”. Ele finaliza ressaltando que com a descentralização da saúde todos saem ganhando, principalmente o paciente que passará a ser atendido em sua região de origem.

O secretário estadual de saúde, Fábio Baccheretti, ressaltou que a saúde pública em Taiobeiras é um verdadeiro Oásis. “Nós temos feito grandes entregas na área da saúde. Costumo dizer que sou médico, mas sou privilegiado por estar na secretaria diante de um governo tão sério quanto o do governador Romeu Zema, pois ele me dá autonomia e nos exige fazer o que é certo. E tem um grande princípio do SUS que é a equidade, é o que a gente vem fazendo. E quando a gente fala de pacientes oncológicos, todo mundo conhece alguém que tenha passado por essa fase e sabemos como a rotina é difícil, debilita muito as pessoas, e o tratamento acaba envolvendo também a família. Então, só do paciente não ter que sair tão cedo de casa para fazer o tratamento é muito importante”.

A Fundação Taiobeiras é uma entidade privada, filantrópica, sem fins lucrativos e caráter comunitário. O hospital foi fundado em 14 de março de 1970. Além do Serviço de Oncologia, a unidade oferece diversos outros serviços como atendimento em saúde mental, cirurgias, maternidade, pediatria, UTI adulto e neonatal, entre outros. De acordo com o prefeito Denerval Germano, a saúde sempre foi prioridade absoluta. “Esse é mais um passo importante na história da saúde de Taiobeiras, não só na questão da saúde, mas também na questão da economia pois traz, na verdade, outros investimentos para o município. ‘O homem não morre quando o coração para de bater, Ele morre quando para de sonhar’. Somos eternos sonhadores, então, todos nós somos protagonistas desse marco”. Denerval também ressaltou que o atendimento da oncologia será mantido por todas as prefeituras que compõem o Vale Rio Pardo, o que totaliza 16 prefeitos.”

A obra da oncologia foi realizada com recursos próprios. O presidente da Fundação Taiobeiras/Hospital Santo Antônio, Nikolas Alexandre Bastos, falou sobre a satisfação de inaugurar o empreendimento. “Este sonho começou há alguns anos diante da atuação do Eduardo Luiz e do ex-prefeito Danilo Mendes Rodrigues. E hoje conseguimos entregar essa obra, pois o nosso atual prefeito, Denerval Germano, juntamente com a ajuda de todos, abraçou essa causa e deu continuidade a este sonho que se torna realidade”, disse. Ele também agradeceu ao secretário adjunto de saúde de Taiobeiras, Marlon Cardoso, ao secretário estadual Fábio Baccheretti e ao superintendente da Santa Casa Montes Claros, Maurício Sérgio Sousa e Silva.

Inicialmente, o local tem capacidade para atender 200 pacientes oncológicos por mês. O ex-prefeito Danilo Mendes também parabenizou os secretários municipais de saúde, os vereadores que aprovaram o projeto e os deputados que deram suporte. “Aos funcionários que vão trabalhar desejo que Deus os abençoe. Tenho relatos de que vocês ficaram alguns meses treinando na Santa Casa Montes Claros e sei que é preciso muita humanização, além de técnica para atender estes pacientes. Tenho certeza que teremos bons resultados”.

O secretário de saúde de Taiobeiras e presidente do Conselho Municipal de Secretarias de Saúde de Minas Gerais (COSEMS), Eduardo Luiz Silva, teve uma importante atuação diante do projeto de descentralização do serviço de oncologia uma vez que seus esforços foram imprescindíveis para a alteração da legislação vigente anteriormente para que fosse possível a ampliação do atendimento clínico oncológico. “Tivemos que trabalhar para alterar uma portaria ministerial para que os centros pudessem ser descentralizados não só em nosso estado, mas para todo o país”.

O secretário adjunto de saúde Marlon Cardoso, ressaltou que a inauguração é um marco importante. “Muitas vezes os pacientes saem daqui por volta das 3h da madrugada para fazerem seu tratamento em Montes Claros. Com o serviço em Taiobeiras essa realidade muda”. Ele aproveitou a oportunidade para apresentar a equipe multiprofissional que atenderá no serviço de oncologia.

A solenidade também contou com a presença do Deputado Estadual Gil Pereira, Deputado Estadual Zé Reis, Deputado Federal Marcelo Freitas, Deputado Federal Domingos Sávio, do Arcebispo Emérito da Arquidiocese de Montes Claros Dom José Alberto Moura, autoridades regionais, funcionários do hospital e da população.



ANA PAULA PAIXÃO
Jornalista / Analista de Comunicação / Assessoria de Imprensa Santa Casa Montes Claros

Comentários

Mais do Educadora FM

PARQUES DE MOC – Mangueiras

Situado no bairro João Botelho, o Parque das Mangueiras (Nilson Espoletão) é um dos doze parques disponíveis para visitação em Montes Claros. A Prefeitura, através

Ler Mais