Projeto “Bora Viver” em Montes Claros

O projeto ajuda pessoas com deficiência que tenham baixo nível de renda e consumo e em situação de vulnerabilidade social.

O projeto tem como objetivo prestar assistência e assessoria à pessoas com deficiência na forma de voluntariado sem fins lucrativos. O projeto foi fundado por Ricardo Edilson dos Montes, hoje necessidades especiais que usa sua história para ajudar pessoas. Depois de uma doença, Ricardo ficou com algumas sequelas, e após uma série de tratamentos, inclusive em um hospital especializado em Belo Horizonte, ele começou a pensar em uma forma de ajudar pessoas na mesma situação. Foi quando surgiu a ideia do projeto “Bora Viver.”

A instituição hoje atende várias famílias de pessoas com deficiência física, independentemente da idade. Para ser ajudado é preciso ser um deficiente físico com baixo nível de renda e consumo e em situação de vulnerabilidade social. O “Bora Viver” ajuda também no sentido de amparo social, garantia do direito à liberdade, ao respeito e à dignidade e proteção à vida e à saúde.

Hoje o projeto sobrevive de ajuda de pessoas físicas e jurídicas. Com isso já conseguiram ajudar centenas de pessoas que fazem o cadastro na Instituição. Além de cestas básicas, hoje é ofertado um curso preparatório para o Enem gratuitamente para pessoas de baixa renda e outros projetos virtuais de capacitação online.  

“Quando você passa por uma situação muito difícil na sua vida, você tem duas opções. Você pode focar na dor ou na superação e eu preferi focar na superação e acredito que isso tem me dado força,” afirma Ricardo.

Pessoas e empresas que desejam ajudar podem entrar em contato pelas redes sociais do projeto e pelo telefone (38) 99964-8463.

Comentários

Mais do Educadora FM