Prefeito apresenta demandas de Mirabela à equipe do Governo Itinerante

As demandas referentes à saúde, educação e infraestrutura de Mirabela foram apresentadas aos responsáveis pelo projeto Governo Itinerante, executado pela Secretaria de Governo de Minas Gerais. O Prefeito Luciano Rabelo esteve na sede da Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (Amams) juntamente com outros chefes de Municípios Norte-mineiros. São três dias de trabalho da equipe do Governo na região.

Depois de uma ampla discussão com toda equipe, sabendo das necessidades de Mirabela, foram elencadas ações emergenciais que vão possibilitar a melhoria da qualidade de vida da população, informou Luciano.

“Solicitamos recursos para a pavimentação do acesso a Muquém, da MGT-135 até o distrito. Já temos o projeto pronto, agora falta dinheiro para executar; Outra importante ação é a modernização do parque tecnológico do Hospital Municipal São Sebastião; pedimos investimentos para equipamentos e mobiliários para as escolas estaduais, municipais e cemeis; nosso foco também foi a construção de duas quadras nas escolas Estadual Santa Maria, em Muquém e Municipal Roberto Vieira da Costa, em Riacho das Pedras; três ônibus para atender a área rural e urbana e van que atenderá toda a comunidade; finalizando apresentamos a necessidade de construção da sede própria do Caps, projeto já contemplado, mas até o momento sem nenhum quitação de parcelas. Agora, é aguardar o posicionamento do Governo frente às necessidades de Mirabela”, falou Luciano.

Como publicado pela Amams, a coordenadora da equipe do Governo, Michele Cota, explicou que o Estado quer ouvir os prefeitos e lideranças, para depois com base na demanda, definir como poderá atender os prefeitos mineiros.

Ela lembra que nesse primeiro momento o Estado apresenta aos municípios as políticas públicas na saúde, educação e assistência social, como as cirurgias eletivas, compra de equipamento de saúde e ainda o acordo para pagamento da dívida da saúde, em razão da retenção ocorrida de 2015 a 2018. Na educação tem os recursos para a construção de quadras, frota de veículos e equipamentos.

Andréa Froes

Comentários

Mais do Educadora FM