Cemig investe R$ 31 milhões para incrementar o desenvolvimento econômico no Norte do Estado

A Cemig está ampliando a oferta de energia para os clientes da região de Bocaiúva. Entre as melhorias, destaque para a ampliação da subestação (SE) Bocaiúva e a construção de uma nova Linha de Distribuição. 

A conclusão das obras na SE Bocaiúva proporciona um aumento na capacidade de transformação de 30 MVA para 40 MVA. A ampliação da subestação irá permitir um relevante acréscimo na disponibilidade de energia elétrica na região, possibilitando o atendimento de novos clientes, conexões de Usinas de Geração Fotovoltaica e o fomento do crescimento da economia regional.  

Com um investimento que supera os R$ 31 milhões, as obras de ampliação da SE Bocaiúva contemplaram também a modernização completa da instalação com a substituição de diversos equipamentos e digitalização do sistema de supervisão, comando, controle e proteção. O novo sistema traz melhorias no monitoramento e operação da subestação permitindo que as intervenções ocorram de forma remota, com mais agilidade. 

O investimento realizado irá beneficiar diretamente mais de 77 mil pessoas nos municípios de Bocaiúva, Engenheiro Navarro, Francisco Dumont, Guaraciama, Itacambira, Joaquim Felício e Olhos-d’água.  

Além das obras da ampliação da SE, a Cemig está concluindo a construção de uma nova Linha de Distribuição interligando a Subestação Montes Claros 1 à Subestação Bocaiúva, com um investimento de aproximadamente R$ 20 milhões. A nova Linha de Distribuição possui aproximadamente 42 km de extensão e conta com estruturas metálicas, em substituição à linha atual de madeira que será desativada. A nova instalação aumenta a segurança, confiabilidade e eficiência do Sistema de Distribuição de Alta Tensão regional. 

De acordo com Felipe Lacerda, Engenheiro Líder Regional da Gerência de Expansão e Manutenção da Alta Tensão da Distribuição Oeste, a obra representa importante etapa dos recursos aplicados pela Cemig no Norte de Minas. “O plano de investimentos da Cemig para atender a região de Bocaiúva permitiu a modernização e aumento da disponibilidade e confiabilidade de energia elétrica na região, reforçando o compromisso da empresa em atender seus clientes com cada vez mais qualidade e disponibilidade de energia ”, afirma o especialista da companhia. 

Investimentos 

Desta forma, o Governo de Minas, por meio da Cemig, está colocando em prática um plano de investimentos que vai aplicar, até 2022, R$ 6,2 bilhões em melhorias de linhas de distribuição, subestações e redes de média e baixa tensão. O valor contribuirá para viabilizar o desenvolvimento econômico e social do estado, uma vez que será distribuído por todas as regiões de Minas Gerais. 

Comentários

Mais do Educadora FM