Convênio entre Unimontes e universidade chinesa abre novas perspectivas de saúde

Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) assinou convênio de cooperação com a Universidade de Medicina Chinesa de Nanquim – Nanjing University of Chinese Medicine (NJUCM). O acordo está inserido numa rede entre instituições do Brasil e da China que busca fomentar estudos sobre a medicina tradicional na era pós-pandemia de covid-19. 

O convênio foi oficializado nessa quarta-feira (26/5), durante encontro virtual que reuniu representantes de instituições chinesas e brasileiras. O documento foi assinado pelo reitor da Unimontes, professor Antonio Alvimar Souza; e pelo vice-reitor da Universidade de Medicina Chinesa de Nanquim, Sun Zhiguang.

“O convênio firmado entre as duas universidades aponta para novas perspectivas e abordagens no tratamento de Saúde, que levam em consideração as diversas dimensões do ser humano. “Temos uma grande biodiversidade, na qual podemos encontrar princípios ativos que podem dar uma vida mais saudável ao povo brasileiro”, comentou Antônio Alvimar.

Parceria

O convênio entre a Unimontes e a Nanjing University of Chinese Medicine conta com comissão científica formada por professores e também por pesquisadores do Hospital Universitário Clemente de Faria (HUCF/Unimontes). 

A rede internacional de cooperação de Medicina Tradicional para o Enfrentamento da Covid-19 é financiada pela Fundação Hengji de Desenvolvimento e Gerenciamento de Saúde de Beijing (Pequim), em parceria com o Governo do Estado, por meio da Agência de Promoção de Investimento e Comércio Exterior de Minas Gerais (Indi).

Por: Agência Minas

Comentários

Mais do Educadora FM