Governo do Estado garante aporte histórico à Unimontes: R$ 35 milhões em investimentos

A Universidade Estadual de Montes Claros receberá um aporte histórico de R$ 35 milhões, do Governo de Minas Gerais, para investimentos em infraestrutura, manutenção e no desenvolvimento e a melhoria da qualidade do ensino, pesquisa, extensão e da prestação de serviços. Os recursos são disponibilizados por meio da Secretaria de Estado de Educação (SEE), à qual a Unimontes está vinculada, com aplicação também em melhorias no Hospital Universitário Clemente de Faria. Além disso, está prevista liberação de recursos para as obras do Programa Brasil Profissionalizado.

O reitor Antonio Alvimar Souza considera o aporte “histórico, a começar pela expressividade dos recursos liberados” e pelo volume de demandas que poderão ser atendidas simultaneamente.

“Este atendimento aos pleitos da Unimontes pelo governador Romeu Zema e equipe acontece diante do reconhecimento pelo Executivo Mineiro da importância estratégica da Universidade como agente de desenvolvimento. A liberação de recursos também resulta do diálogo permanente que os gestores da instituição têm com o Estado e as diversas secretarias, compartilhando as reais necessidades de professores, servidores, acadêmicos e colaboradores da instituição”.

O reforço financeiro à Universidade Estadual de Montes Claros disponibilizado pela SEE é de R$ 35.843.251,57. Deste montante, a suplementação orçamentária de R$ 30.254.574,72 foi publicada na edição do “Minas Gerais” – Diário Oficial do Estado -, edição dessa quarta-feira (10/3). O restante, de R$ 5.588.676,85, será liberado como recursos financeiros para a quitação de restos a pagar no âmbito do Programa Brasil Profissionalizado.

INVESTIMENTOS

Entre os diversos investimentos está a finalização de obras em curso como o Centro Tecnológico do campus-sede. Os recursos também serão aplicados na melhoria e ampliação dos serviços de Tecnologia da Informação (TI): compra de novos equipamentos para os laboratórios de informática, ampliação da rede de dados, modernização e ampliação da central de dados e aquisição de ilhas de videoconferência para atender a comunidade acadêmica em atividades remotas.

Será executada a reforma e a impermeabilização dos telhados dos prédios dos Centros de Ensino, Biblioteca Central e da Reitoria, no campus-sede.

Entre os diversos investimentos está a finalização de obras em curso como o Centro Tecnológico do campus-sede. Os recursos também serão aplicados na melhoria e ampliação dos serviços de Tecnologia da Informação (TI): compra de novos equipamentos para os laboratórios de informática, ampliação da rede de dados, modernização e ampliação da central de dados e aquisição de ilhas de videoconferência para atender a comunidade acadêmica em atividades remotas.

Será executada a reforma e a impermeabilização dos telhados dos prédios dos Centros de Ensino, Biblioteca Central e da Reitoria, no campus-sede.

ANFITEATRO E RESTAURANTE UNIVERSITÁRIO

O aporte financeiro permitirá investimentos no Anfiteatro “Reitor José Geraldo de Freitas Drumond” para os projetos de Cenotecnia e de Climatização. O local terá capacidade para 800 pessoas sentadas, como o maior espaço cultural fechado da cidade.

Além disso, está prevista a substituição de alguns equipamentos no Restaurante Universitário, cumprindo uma das etapas do projeto de modernização e ampliação do local. Novos investimentos também serão aplicados na área de segurança e vigilância patrimonial e na compra de mobiliários para as salas de aula e diversos setores da Universidade (sede, campi e núcleos avançados).

HOSPITAL UNIVERSITÁRIO

No âmbito do Hospital Universitário Clemente de Faria (HUCF), os investimentos contemplam a conclusão do prédio do Biotério e do Laboratório em Pesquisa em Saúde, reforma da UTI NeoNatal e a aquisição de um gerador de última geração e melhorias na subestação.

Será financiada a elaboração dos projetos estrutural, incêndio e arquitetônico para a nova portaria 1, além da aquisição de instrumentos cirúrgicos e de máquinas para a automação na distribuição dos medicamentos no Almoxarifado e na Farmácia, investimentos na rede de vigilância eletrônica e na automação das portas de controle de acesso nos diversos setores do Hospital.

A Unimontes vai adquirir um mamógrafo de ultradefinição, um sistema central de vácuo e um sistema digital de Raio-X Móvel e incrementará o sistema de tratamento de água para o setor de hemodiálise.

BRASIL PROFISSIONALIZADO

Com o suporte do Governo do Estado, a Unimontes dará andamento às questões relacionadas ao Programa Brasil Profissionalizado, desenvolvido em parceria com o Governo Federal e contrapartida do Governo de Minas Gerais por meio da Secretaria de Educação.

O Estado está aportando recurso para a finalização das onze (11) escolas restantes, no valor de R$ 16.852.943,66, sendo R$ 11.264.266,81 em suplementação e R$ 5.588.676,85 como recursos financeiros para a quitação de restos a pagar.

Ao mesmo tempo, a Universidade aguarda a conclusão de alguns serviços de infraestrutura ainda pendentes das contrapartidas de alguns municípios junto ao Sistema Integrado de Monitoramento Execução e Controle do Ministério da Educação (Simec).

Texto: Christiano Jilvan

Comentários

Mais do Educadora FM