Confira a variação de preços da Ceanorte nesta quarta-feira

A Central de Abastecimento do Norte de Minas (Ceanorte) divulgou o comportamento dos preços dos hortifrutigrangeiros comercializados nessa quarta-feira, 10, com destaque para as caixas de bananas com 18 kg, que estiveram em alta nas últimas semanas e baixaram 14% nesta semana. A banana maçã baixou de 70 para 60 reais, enquanto as bananas nanica e prata baixaram de 35 para 30 reais. O saco de côco e a caixa de quiabo também baixaram de R$ 35 para R$ 30, com queda de 14%.

Mas a maior queda desta semana ficou por conta do chuchu, que caiu 40%, baixando de R$ 50 para R$ 30 reais a caixa de 20 kg. O maxixi caiu 20% (de 25 para 20 reais), e o repolho teve queda de 17% (de 30 para 25 reais).

Já a maior alta ficou por conta do pimentão, que subiu 50%. A caixa de 10 kg, que custava 20 reais na semana passada, foi vendida por 30 reais, nesta quarta-feira. Também subiram o tomate, que custava R$ 40 e foi vendido por R$ 50 (25%); a beterraba, de R$ 30 para R$ 35 (17%); e a cebola branca, de R$ 30 para R$ 45 (29%).

Para o gerente da Ceanorte, Flávio José Reis, os preços das mercadorias podem variar para mais ou para menos, de acordo com a quantidade e qualidade das mesmas, lembrando que a comercialização é feita entre o comprador e os produtores e atacadistas, não tendo interferência da administração da Central. 


NOVOS HORÁRIOS DE FUNCIONAMENTO

1 – As feiras acontecerão apenas nas segundas e quartas-feiras, das 5:01 às 14 horas. Nos demais dias a Ceanorte será fechada ao público para realização de limpeza, manutenção e desinfecção.
2 -No interior da Ceanorte será permitida apenas a permanência de pessoas que estejam exercendo suas atividades laborais como carga, descarga, comercialização e compras. Não será permitida a permanência de visitantes e demais pessoas circulando pela central.
3 – Proibida a entrada de menores de 14 anos, pessoas do grupo de risco e portadores de sintomas gripais.
4 – No interior da Ceanorte é obrigatório o uso de máscaras. Os lojistas, produtores rurais e comerciantes deverão disponibilizar álcool 70% aos seus clientes. Os infratores poderão ser multados e conduzidos para fora do recinto.
5 – A Ceanorte funcionará apenas e exclusivamente para a comercialização de hortifrutigranjeiros, folhosas, queijos, temperos e demais produtos devidamente embalados, sendo proibida a degustação no local.
6 – Durante a Onda Roxa, não será permitida a comercialização de salgados, artesanatos e demais produtos atípicos no interior da Central. O restaurante poderá comercializar seus produtos embalados para viagem, não sendo permitido o consumo no local.
7 – Os carregadores deverão aguardar no canteiro central e só poderão entrar nas pedras enquanto estiverem em atividade de carga e descarga.
8 – Os produtos deverão ser acomodados respeitando o limite das pedras, deixando os corredores livres para circulação. Não é permitida a acomodação de caixas vazias nas pedras.
9 – A Ceanorte abrirá os portões nos domingos às 17 horas e nas terças-feiras a partir das 12 horas, apenas para descarga. Veículos e caminhões vazios não poderão entrar nesse período, apenas veículos carregados.
10 – A entrada de compradores será liberada a partir das 5:01 horas nas segundas e quartas-feiras. A portaria controlará a quantidade de pessoas no interior da central, não sendo permitida a permanência de mais de 50 compradores por vez.
11 – Os veículos leves de passeio deverão utilizar o estacionamento lateral que terá o portão aberto às 5:01 horas nos dias de feira, não sendo permitida a entrada no interior da central. Apenas os veículos carregados poderão entrar para descarga e posteriormente se deslocar para estacionar no local apropriado. Fica permitida a entrada dos veículos leves dos lojistas e seus funcionários, que deverão estacionar ao lado da portaria ou em local determinado pelo administração. 
12 – Os compradores deverão agilizar suas compras e sair o mais rápido possível do interior da central.
13 – A administração funcionará apenas para trabalhos internos, ficando vedado o atendimento presencial ao público.
14 – Demais casos que surgirem serão avaliados e definidos pela administração. 

Comentários

Mais do Educadora FM