Norte de Minas já vacinou mais de 7,8 mil pessoas contra a Covid-19

Com apenas oito dias de trabalho a campanha de vacinação contra a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, já alcançou 7 mil 811 idosos, indígenas e trabalhadores da saúde em 86 municípios que compõem a região ampliada de saúde do Norte de Minas. O levantamento realizado no início da tarde desta quarta-feira, 27, tem como base dados contabilizados por uma ferramenta de monitoramento criada pela Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais – (SES-MG), denominada vacinômetro. Por meio dele, qualquer cidadão pode acompanhar quantas pessoas já foram imunizadas e a quantidade de doses de vacinas distribuídas no Estado: coronavirus.saude.mg.gov.br/vacinometro.

De acordo com os dados inseridos pelos municípios no painel, já são 115 mil 219 mil vacinados em Minas Gerais. Do total de pessoas imunizadas, 5 mil 087 residem em 54 municípios que integram a área de atuação da Superintendência Regional de Saúde de Montes Claros – (SRS). Entre as microrregiões que apresentam maior número de pessoas vacinadas estão: Montes Claros (2 mil 812); Janaúba/Monte Azul (1 mil 330); Taiobeiras (383); Bocaiúva (280); Coração de Jesus (148); Francisco Sá (85) e Salinas (49).

A superintendente regional de saúde de Montes Claros, Dhyeime Thauanne Pereira Marques avalia que o trabalho que vem sendo executado pelos municípios está num bom ritmo. Isso porque, entre as localidades que integram a SRS de Montes Claros o percentual de pessoas já vacinadas já é superior a 38%, de um total de 13 mil 320 idosos e trabalhadores da saúde a serem imunizados. 

Por outro lado, com maior quantidade de pessoas já vacinadas estão 25 municípios que integram a Gerência Regional de Saúde de Januária, totalizando 2 mil 232 pessoas, entre elas, 1 mil 537 indígenas residentes no município de São João das Missões.

Já entre sete municípios que pertencem à Gerência Regional de Saúde de Pirapora o número de pessoas vacinadas até o início da tarde desta quarta-feira chegou a 492.

ESTIMATIVA

Com um total de 42 mil 280 doses da vacina CoronaVac repassadas ao Norte de Minas no dia 19 de janeiro, a estimativa da Secretaria de Estado da Saúde é de que sejam vacinadas 21 mil 140 pessoas com aplicação de duas doses do imunizante.

Do total de idosos, trabalhadores da saúde e indígenas que compõem o grupo prioritário de vacinação nesta fase inicial da campanha contra a Covid-19, 13 mil 320 pessoas devem ser vacinadas entre os municípios que pertencem à SRS de Montes Claros. Outras 7 mil 040 pessoas devem ser imunizadas nos municípios que integram a área de abrangência da GRS de Januária e 780 à GRS de Pirapora.

DADOS

Para que o vacinômetro apresente dados compatíveis entre o quantitativo de doses distribuídas e o número de vacinados, é preciso que os municípios alimentem a ferramenta diariamente por meio do Painel Vacinação Sars-Cov-2-MG, que segue a mesma lógica do Boletim Epidemiológico Covid-19. Os dados são compilados a partir das informações enviadas para a SES-MG.

A ferramenta foi criada pelo grupo de profissionais da Sala de Situação, também responsável pela formatação do Boletim Epidemiológico SARS-Cov-2. “Esta é mais uma ferramenta que o Governo de Minas coloca à disposição para transmitir aos mineiros o máximo de informações possíveis sobre ações relacionadas ao monitoramento da pandemia. A transparência na comunicação é um valor para nós. Por isso, reforço o pedido de que os municípios preencham os dados com a maior agilidade possível para que o vacinômetro reflita a realidade”, diz o secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, o médico Carlos Eduardo Amaral.

O Painel de Vacinação Sars-CoV-2 MG deve ser acessado clicando no link coronavirus.saude.mg.gov.br/vacinometro. A partir deste acesso os municípios iniciam o processo de preenchimento das informações utilizando o e-mail cadastrado. Dentro do ambiente virtual, o município deve completar espaços de nome e telefone e iniciar o preenchimento das informações sobre quantitativos de pessoas vacinadas, começando pela Fase 1, referente aos públicos prioritários. Atenção com os erros de digitação, eles podem inviabilizar todo o trabalho;

O primeiro grupo contabilizado por meio das doses 1 e 2 são os indígenas aldeados, maiores de 18 anos. É importante que seja inserido, nos campos determinados no painel, a dose ministrada. O mesmo procedimento deve ser repetido para os idosos que vivem em instituições de longa permanência e também para pessoas com deficiência em residências inclusivas. Para cada um destes públicos o painel separa espaço de registro da dose 1 e 2;

Para os profissionais de saúde também existem dois campos separados em dose 1 e dose 2 e à medida em que os municípios vão preenchendo os campos do painel vai-se formando o acumulado de indivíduos imunizados;

O Painel Vacinação Sars-Cov-2-MG contempla também a fase 2 da campanha de vacinação, bem como o registro de eventos adversos e os estoques de vacinas que cada lugar tem. Os municípios ainda podem usar o Painel para se comunicar com a SES-MG preenchendo espaço livre para comentários.

Texto: Ascom

Comentários

Mais do Educadora FM