Romeu Zema visita Montes Claros para entrega das vacinas contra a covid-19

577 mil doses da Coronavac, vacina contra a covid-19, chegaram a Minas Gerais nessa segunda-feira, em Belo Horizonte, onde já foi iniciada a vacinação e a distribuição aos 853 municípios mineiros

Nesta terça-feira (19), em visita a Montes Claros, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, esteve presente para acompanhar a entrega das vacinas na cidade para serem distribuídas aos municípios regionais, como explica o governador. “A imunização no norte de Minas começará com o grupo prioritário, que são os profissionais de saúde, da linha de frente com maior risco, os idosos em instituição de longa permanência e os indígenas. As 577 mil doses distribuídas ao estado estão sendo direcionadas para este público.”

O governador disse também que a “previsão é de que semanalmente uma nova remessa [do imunizante] será distribuída para todo o Brasil, e o repasse das doses está sendo distribuídas proporcionalmente de acordo com a demanda de cada estado e município”, explicou.

No primeiro momento, a Superintendência Regional de Saúde vai repassar 42.280 doses aos 86 municípios da região. Montes Claros recebeu 9.483 para vacinar o primeiro grupo prioritário.

Dois idosos do lar de longa permanência, São Vicente de Paulo foram os primeiros imunizados. Maria das Dores Reis, de 90 anos, e Eroldides Cardoso de 96, receberam a primeira dose na manhã dessa terça-feira.

O Secretário Estadual de Saúde, Carlos Eduardo Amaral reforçou que para alcançar uma maior abrangência de pessoas imunizadas, o governo de Minas estará alinhado com o plano de imunização estabelecido pelo ministério de saúde.

“Nós vamos absolutamente estar alinhados ao plano nacional de imunização, isso é importante por que todas as vacinas do país serão adquiridas pelo Ministério da Saúde e distribuídas para todo o Brasil. É assim que tem sido feito. Apesar de termos contatos com todos os desenvolvedores mundiais de vacina, no primeiro momento entendemos que a chegada do imunizante de forma mais segura, rápida e ágil é através do plano nacional de imunização”, explicou o Secretário.

O secretário destacou também que mesmo com a chegada da vacina, as pessoas não podem deixar os cuidados de lado. “A indústria mundial de vacinas tem uma limitação de produção mensal, ou seja, a vacinação vai ocorrer durante o ano todo, com isso, é fundamental que as pessoas continuem se cuidando. Não há espaço para flexibilização, parar de usar máscaras, e nem deixar a higienização de lado, pois o processo de imunização da população está sendo iniciado agora”.

O governador Romeu Zema explicou que todos os mineiros devem ser vacinados ao longo do ano. Ele disse ainda que tem a intenção de produzir as vacinas em Minas Gerais, por meio da Fundação Ezequiel Dias.

“Tudo indica que a vacinação vai ser contínua, a covid-19 já teve mutações como a gripe, e talvez vá demandar vacinação anualmente. Então a FUNED [Fundação Ezequiel Dias] está trabalhando nessa possibilidade, é muito provável que a fundação venha assinar um protocolo de troca de tecnologia com alguma desenvolvedora de vacina, porém, é um processo que leva tempo, não é tão ágil, estamos trabalhando para poder ter uma vacina mineira dentro de um ou dois anos.” Finalizou.

Texto: João Victor Queiroz

Comentários

Mais do Educadora FM