Desafio Agrojovem/FAEMG: estudantes da Unimontes estão na fase final Vencedores farão uma viagem para o Agritech Valley, no Vale da Piracicaba (SP), pólo de inovação do agronegócio

Três equipes de estudantes de graduação e pós-graduação da Unimontes estão entre as finalistas para o Desafio Agrojovem da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (FAEMG). Das 100 equipes inscritas, apenas sete foram classificadas para a fase final. As propostas das equipes visam apoiar o produtor rural com o objetivo de promover o empreendedorismo, a inovação e a capacitação de jovens em Minas Gerais que, direta ou indiretamente, atuam com agronegócio propondo a soluções para seis áreas: conectividade na área rural, sustentabilidade ambiental, acesso a mercado, redução de custos, aumento de produtividade e sucessão familiar.

TechFrui, Irrigar, Educa no Campo Consultoria são as três equipes ligadas à Unimontes selecionadas para a fase final. As equipes inscritas têm de 2 a 5 integrantes, entre 16 e 30 anos. São estudantes do ensino técnico, médio ou superior, de diversos cursos. Em pouco menos de dois meses (outubro e novembro), passam por quatro fases: capacitação, seleção inicial, mentorias e a grande final.

A Pró-Reitoria de Pesquisa, por meio de sua Coordenadoria de Inovação Tecnológica (CIT) têm procurado estimular o empreendedorismo no meio acadêmico, principalmente, a partir do trabalho da Incubadora de Empresas da Unimontes- INEMONTES, que desenvolve várias ações desde incubação de projetos até o apoio à participação em editais como o Desafio AgroJovem.

Cada vez mais, as empresas vêm adotando a prática de lançar iniciativas que busquem soluções para seus problemas com a participação de estudantes. São os chamados “Desafios”. Assim, os jovens têm a oportunidade de se aproximar do universo do empreendedorismo, enquanto as empresas podem obter resultados criativos e inovadores para suas demandas.

A coordenadora destaca também que a prova do potencial da Unimontes pode ser vista na participação bem sucedida de professores, alunos e servidores em editais como Centelha (Fapemig – FINEP), Desafio da Energia Cemig e o Desafio AgroJovem (Sistema FAEMG).

FASE FINAL

“Experiências como essas contribuem para a formação profissional e pessoal dos nossos discentes. Por isso, divulgamos tais oportunidades e estimulamos a participação de toda a comunidade acadêmica. A parceria com os professores da graduação e da pós-graduação também é crucial. Assim, ampliamos a divulgação e, principalmente, identificamos aqueles alunos que têm perfil ou estejam em projetos cuja temática tenha relação com as áreas definidas nos ‘desafios’”, comemora a Coordenadora de Inovação Tecnológica, professora Sara Antunes.

“A formação do jovem empreendedor inicia com sua participação nos programas de iniciação científica, pois inserido na pesquisa o estudante consegue transformar problemas em ideias inovadoras e assim usar seu potencial para empreender”, pontua a Pró-Reitora de Pesquisa, Clarice Diniz Alvarenga Corsato.

Os vencedores serão premiados com uma viagem para o Agritech Valley, pólo de inovação do agronegócio, localizado no Vale da Piracicaba (SP), quando terão a oportunidade de contatar startups do setor, grupos de investidores e, quem sabe ter oportunidades de fazer negócios. Para chegar lá, são quatro etapas: capacitação, seleção inicial, mentorias e a grande final.

CONHEÇA AS INICIATIVAS DA UNIMONTES

TechFrui  – Facilita a identificação de pragas e doenças na cultura da Manga, com um aplicativo de fácil uso.

Equipe: Ana Caroline Caires Pinheiro, Allyson Gabriel Santos de Paula e Stéfane Gomes Lopes -, graduandos do curso de Agronomia no Campus de Janaúba

Líder: Hugo Prado Amaral – discente do Programa de Pós-graduação em Modelagem Computacional e Sistemas da Unimontes em Montes Claros, orientado pelo Prof. Marlon Cristian Toledo Pereira.

Irrigar – Proporciona uma irrigação na medida adequada, com o controle do tempo de acordo com a cultura, espaçamento e localidade. Conta com um time 100% feminino.

Equipe: Selma Silva Rocha, Adriana Barbosa do Nascimento, Verônica Moraes Barbosa, Mariana Oliveira de Jesus

Líder: Paola Junayra Lima Prates, orientada pelo Prof. Marlon Cristian Toledo Pereira. Todas são Engenheiras Agrônomas, cursando ou já com mestrado em Produção Vegetal no Semiárido, ambos os cursos de graduação e pós-graduação na Unimontes, em Janaúba.

Educa no Campo Consultoria – Propõe consultoria para os pequenos produtores que não possuem recursos para esse tipo de serviço. Visam contar com a atuação de estudantes que já estejam próximos a conclusão do curso, visando dar um direcionamento técnico de qualidade com custo mais acessível.

Equipe: Jaciara Soares Freitas (engenheira agrônoma egressa da Unimontes) e a estudante do 8º período do curso de Agronomia da Unimontes (Campus Janaúba)

Líder – David Gabriel Campos Pereira, estudante de mestrado do programa de pós-graduação em Produção Vegetal no Semiárido, orientado pelo Prof. Marcos Koiti Kondo.

Comentários

Mais do Educadora FM