20 de Novembro dia da Consciência Negra

No dia da Consciência Negra nos da Rádio Educadora, vamos conhecer um pouco da história da Andreia Pereira da Silva, doutora pela Universidade Federal de Brasília (UnB), onde desenvolveu a tese intitulada “Memória, testemunho e resistência em Xanana Gusmão: uma leitura da história do Timor-Leste a partir dos poemas de Mar Meu”. Possui graduação em Letras Português pela Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) e em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades Integradas do Norte de Minas (Funorte). Possui, ainda, especialização em Docência do Ensino Superior com ênfase em Gestão Acadêmica pela Associação Educativa do Brasil (Soebras). Já ganhou três prêmios estaduais, sendo eles: Comunicador do Futuro, promovido pelo governo de Minas; BDMG de Jornalismo, promovido pelo Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais, e Educação não é mercadoria, concurso de redação realizado pelo Sindicato dos Auxiliares de Administração Escolar de Minas Gerais (SAAE). Também presta serviços de freelancer como repórter e revisora na Revista Tempo, bem como organizadora de eventos e cerimoniais. Concluiu o mestrado do curso de Pós-Graduação Stricto Sensu em Letras/Estudos Literários da Unimontes e trabalha como docente universitária na área de jornalismo na Funorte e como jornalista concursada no Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (IFNMG). Atualmente, está cursando pós-graduação em Revisão de Textos pela PUC Minas. Acompanhe!

Comentários

Mais do Educadora FM