Doação do IFNMG fortalece o trabalho do HUCF no combate à pandemia

Materiais auxiliarão no trabalho dos profissionais da saúde e no tratamento/atendimento dos pacientes

As iniciativas para fortalecer as ações do Hospital Universitário Clemente de Faria (HUCF) no combate ao Novo Coronavírus (Covid-19) seguem firmes. Esta semana foi a vez do Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (IFNMG) apoiar à Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) com a doação de 900 almotolias (recipiente para líquidos utilizados em ambientes hospitalares e clinicas) de 500ml, 450l de álcool em gel, 420 frascos de 500ml, 210l de sabão líquido e 200 protetores faciais. O HUCF atende 100% via Sistema Único de Saúde (SUS) e, durante a Pandemia, tem confirmado a qualidade no atendimento e a plena assistência à saúde dos usuários. A entrega dos materiais foi feita na segunda-feira (19/10).

Superintendente do HUCF, Príscilla Izabella Fonseca Barros de Menezes pontua que “a doação nos ajuda a continuar o trabalho de qualidade no HUCF. Somos referência no atendimento da Covid-19. Precisamos estar preparados para garantir um ambiente seguro e higienizado para a população e servidores. Agradecemos imensamente ao IFNMG pela colaboração”. 

“A doação que nós recebemos ajudará muito o HU, pois estamos com protocolos de proteção e assepsia mais rígidos, especialmente, no retorno do atendimento no Centro Ambulatorial de Especialidades Tancredo Neves (CAETAN). Esses materiais auxiliarão tanto no trabalho dos profissionais da saúde quanto no tratamento e atendimento dos pacientes que vem até o  hospital para serem atendidos. Com essa doação, economizamos nossos recursos e podemos repassar o dinheiro para outras áreas do hospital que precisam mais”.

COLETIVIDADE  – Os insumos doados são provenientes de instituições como o Ministério da Educação (MEC) e a Receita Federal. A ação faz parte de dois dos sete projetos realizados no IFNMG atualmente. “A doação ao HU integra os projetos Investida contra a COVID-19, coordenado pelo professor Wagner Leite, e “Obtenção de etanol (CH3CH2OH) 70° INPM através da diluição de etanol 92.8° INPM e destilação de bebidas alcoólicas 40% (v/v)” coordenado pelo professor Saulo Fernando dos Santos Vidal.

“Identificamos essa demanda relacionada à pandemia da COVID-19 e nos organizamos para buscar as melhores formas de atendê-la. Entendemos que, como parte da sociedade, temos de trabalhar em benefício da coletividade e aprimorar os processos e dinâmicas. Assim, as doações são parte dos nossos objetivos e da missão do IFNMG”, comemora o coordenador de Extensão e docente do IFNMG, professor Mário Sérgio Costa da Silveira.

Comentários

Mais do Educadora FM