AMAMS E MUNICÍPIOS PEDEM AJUDA PARA ABASTECIMENTO DE ÁGUA EM COMUNIDADES RURAIS

A Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (AMAMS) pediu ontem à Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais que seja intensificado o abastecimento de agua para as comunidades rurais de vários municípios do Norte de Minas, pois agravou se os impactos causados pela estiagem/seca. O secretário-executivo da AMAMS, Ronaldo Soares Mota mostrou ao superintendente de Gestao de Desastre da Defesa Civil Estadual, major Eduardo Lopes que os prefeitos estão preocupados, pois aumentou a cobrança pela água para consumo humano entregue através do caminhão-pipa.

Ele lembrou que o presidente da AMAMS, Lara Batista Cordeiro, prefeito de Ibiai, tem sido procurado por vários prefeitos, preocupados com o quadro atual de várias famílias sem água e sem previsão da chegada de chuvas. Isso sobrecarrega as Prefeituras, que são obrigadas a contratar caminhões-pipas, mesmo com a queda de recursos por causa da Pandemia Coronavirus. A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil anunciou que começa a atender a partir de hoje 34 novos municípios da área mineira da Sudene castigados pela seca e assim, os caminhões pipas passarão a fornecer a água para os moradores das comunidades rurais. Até ontem estavam sendo atendidos 26 municipios. O major Eduardo Lopes, superintendente de Gestão de Desastres da CEDEC-MG discutiu o assunto com o secretário-executivo da AMAMS, Ronaldo Soares Mota, quando informou que 72 municípios apresentaram o Plano Municipal de Distribuição de Água, onde 60 já estão sendo atendidos e 12 dependem apenas de detalhes técnicos da documentação.

São 129 municípios da área mineira da Sudene que tiveram o decreto de Situação de Emergencia homologados pelo Estado e referendado pelo Governo Federal e por isso, nesse ano, 44 municípios foram atendidos com a água e ajuda comunitária, como as cestas básicas e isso deu um total de 44,5 mil pessoas. Depois, foram atendidos 26 municípios e a partir de hoje, 34, chegando a 60 municípios. Porém podem ser atendidos mais 12 municipios com o abastecimento de água. O Estado tem R$ 6,499 milhões repassados pela União para as ações de ajuda as vitimas da seca.

Comentários

Mais do Educadora FM