Família e amigos de dono lanchonete morto, em acidente de trânsito cobram justiça em Montes Claros

Uma manifestação foi realizada na manhã, desta quinta-feira (08) no centro de Montes Claros. Familiares e amigos de dono de lanchonete morto, em um acidente de trânsito em Montes Claros, cobram justiça.

Patrick Igor Martins, de 27 anos, morreu ao ser atingido por um carro, enquanto fazia a última entrega de moto. De acordo com o Polícia Militar, o condutor do veículo tinha sinais de embriaguez e recusou a fazer o teste de elitômetro.

O acidente ocorreu na madrugada de segunda-feira, no dia 28 de setembro, entre as ruas Rui Barbosa e Coronel Joaquim Costa. Segundo a PM, o motorista transitava pela rua Rui Barbosa e não teria obedecido a placa da parada obrigatória e bateu no motociclista. A vítima foi socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

A esposa de Patrick, Jheniffer Caroline Lopes Figueredo, afirmou que o motorista que provocou o acidente está solto e cobra justiça.

O que diz a polícia

A Polícia Civil informa que foi instaurado o Inquérito Policial para apurar acidente em que um motociclista veio a óbito em Montes Claros.

O suspeito não foi apresentado ao Delegado de Polícia Plantonista imediatamente após o sinistro, o que não compromete as diligências investigatórias por meio do Inquérito Policial instaurado.

Preliminarmente, foi instaurado para apurar possível Homicídio culposo no trânsito, mas como a investigação se atem à plenitude dos fatos, a conclusão final ficará a cargo da Autoridade.

As provas carreadas podem confirmar a ocorrência do Homicídio na forma culposa, ou ainda, indicar dolo eventual, homicídio doloso.
O suspeito, testemunhas e os Policiais Militares foram ouvidos pela Polícia Civil, o Laudo de Vistoria dos veículos envolvidos foi formalizado. O procedimento encontra-se em fase de conclusão.

______________

Da redação // Foto divulgação

Comentários

Mais do Educadora FM