Novos leitos de UTI reduzem a taxa de ocupação hospitalar em Montes Claros, mas o momento ainda exige muito cuidado

Em reunião nesta terça-feira, 16, os membros do Centro Integrado de Comando e Controle Local de Enfrentamento à COVID-19 (CICCL) debateram sobre os novos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) habilitados para Montes Claros.
 
Foram credenciados, no total, 74 novos leitos de UTI na cidade, distribuídos entre os hospitais Santa Casa, Dilson Godinho, Aroldo Tourinho, Mário Ribeiro e Universitário Clemente de Faria. Os novos leitos praticamente dobram a capacidade do município de atender pacientes que necessitam desse tipo de leito, uma vez que a cidade contava, antes do início da pandemia do coronavírus, com 75 leitos. 
 
De acordo com a secretária municipal de Saúde de Montes Claros, Dulce Pimenta, “esses leitos reduzirão a nossa taxa de ocupação, dando mais segurança neste momento de flexibilização. É importante destacar que os novos leitos nos dão uma folga, mas ainda estamos em meio a uma pandemia e, por isso, os cuidados devem ser mantidos”.

__________________

Texto: ASCOM ///Fotos: Fábio Marçal

Comentários

Mais do Educadora FM