Construção da nova sede do Procon pode ter uma economia de quase R$ 80 mil para Prefeitura

 

Depois de licitar a restauração do Casarão dos Telles e Menezes e economizar mais de R$ 20 mil, a Prefeitura de Montes Claros realizou na manhã dessa quarta-feira, 20, a abertura dos envelopes contendo as propostas para a construção do anexo do casarão, que vai abrigar a futura sede do Procon Municipal.

Quatro empresas apresentaram a documentação no início desse mês, e estavam habilitadas para oferecer propostas. O valor de referência para a execução da obra era de R$ 1.052.599,47. A empresa Construtora Percam Ltda fez a proposta mais alta, no valor de R$ 1.021.016.76, seguida pela empresa Restaurare Construtora Ltda, que ofereceu o valor de R$ 1.003.776,04.

O menor valor foi oferecido pela empresa Construrener Eireli, que ofereceu o valor de R$ 973.397,61 – concedendo desconto de 7,52%, o que vai representar economia de R$ 79.201,86 para os cofres do município, caso a empresa seja definida como vencedora do processo, depois da proposta ser analisada pelo setor responsável.

“A construção do anexo é um grande e importante passo dado pelo município de Montes Claros em direção à concretização do sonho da sede própria do Procon e da Escola Municipal de Defesa do Consumidor. A casa do consumidor montes-clarense colocará a cidade definitivamente entre os melhores municípios do país no que se refere à defesa do consumidor, permitindo o atendimento dos cidadãos com conforto e dignidade”, destaca Alexandre Braga, coordenador do Procon Municipal.

__________________

Texto: ASCOM /// Fotos: Fábio Marçal

Comentários

Mais do Educadora FM