Unimontes adota medidas preventivas contra o Novo Coronavírus e suspende aulas e demais atividades acadêmicas

 

A reitoria da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), em alinhamento com os decretos de emergência do Governo do Estado e do Município de Montes Claros e com as orientações do Ministério da Saúde e com os serviços de saúde pública, adotou as medidas preventivas dento do plano de contingência contra a propagação do Novo Coronavírus (Covid-19). Entre as medidas, a partir desta segunda-feira (16/3), foram suspensas as aulas e demais atividades de cunho acadêmico – pesquisa e extensão no campus-sede e demais unidades da Unimontes.

Integrando as ações preventivas, também foi suspenso temporariamente o funcionamento do Restaurante Universitário a partir das 14 horas nesta segunda-feira. A suspensão temporária também atinge a Biblioteca Central Antonio Jorge (campus-sede) e bibliotecas setoriais dos demais campi.

Inicialmente, as aulas e demais atividades acadêmicas estão suspensas por 10 dias, até o dia 25 de março. Porém, mediante novas orientações, o prazo de recesso poderá ser alterado, conforme a avaliação de risco. As medidas seguem o Decreto Nº 47.886, assinado pelo governador do Estado de Minas Gerais, que recomenda “a paralisação de atividades em unidades escolares para concentrar esforços no diálogo com as unidades e na elaboração de medidas adicionais, sempre monitorando a evolução da transmissão, conforme orientação da Secretaria de Saúde”.

Conforme explica o reitor da Unimontes, professor Antonio Alvimar Souza, a suspensão das atividades de cunho acadêmico em todas as unidades da instituição foi determinada “como forma de minimizar o fluxo de pessoas e, consequentemente, os riscos de contágio”. Importante ressaltar que não há casos suspeitos registrados no âmbito da Unimontes. Trata-se de uma medida preventiva, observa. “Os países que anteciparam a implantação das medidas do plano de contenção contra o Novo Coronavírus tiveram menos impactos da doença”.

Por meio de portaria assinada pelo reitor, foi criado Comitê Permanente Unimontes Covid-19, integrado por profissionais de saúde e pelos coordenadores de Campi para monitoramento e estudos. Há, ainda, o suporte da Comissão de Controle da Infecção Hospitalar, do Hospital Universitário Clemente de Faria, vinculado á Universidade.

ÁREA ADMINISTRATIVA – O conjunto de medidas adotadas pela Reitoria da Unimontes também abrange a área administrativa da instituição. Foi adotado o sistema de rodízio para a manutenção dos serviços mínimos, sendo implementado também o teletrabalho. Além disso, os servidores com mais de 60 anos (mais susceptíveis às infecções respiratórias) poderão permanecer em casa.

Nos locais de confluência das unidades da Unimontes, como banheiros e, relógio de ponto, por exemplo, estão sendo instalados 50 suportes com álcool em gel 70º, adquiridos diante do caráter excepcional da situação, além de reforçar a disponibilidade de sabonete e toalhas de papel, medidas que reforçam a assepsia e profilaxia.

MEDIDAS PREVENTIVAS NO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO

Sob a orientação da CCIH, a gestão superior da Unimontes também adotou medidas preventivas contra o Novo Coronavírus no HUCF: é recomendada restrição de visitantes nas diversas unidades de internação e pronto-socorro como estratégia para controle da propagação da doença;

Temporariamente, nas Unidades de Internação – Clínica Médica, Clínica Cirúrgica, Maternidade, Pediatria, UTI Adulto e Pronto Socorro –, cada paciente poderá receber somente um visitante por dia, pelo tempo máximo de 15 minutos. Na UTI Neonatal e Berçário será permitido apenas um familiar acompanhante (pai ou mãe), ficando proibida visita dos avós. No HUCF também está sendo feito um controle mais rigoroso de acesso dos serviços voluntários, entre outras medidas e restrições.

 

Comentários

Mais do Educadora FM