Dilson Godinho aguarda liberação de recursos para concluir obras de ampliação

Representantes da Fundação de Saúde Dilson de Quadros Godinho participaram de audiência na Secretaria de Estado da Saúde, em Belo Horizonte, nesta semana (19/02/2020), quando solicitaram a liberação de recursos de convênios já assinados com o Governo do Estado e agilização em decisões burocráticas, visando a continuidade de obras para ampliar e melhorar os atendimentos aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) de Montes Claros e do Norte de Minas. Participaram da reunião o diretor administrativo da Fundação, Éder Tadeu Pinheiro Brandão; o deputado estadual Arlen Santiago; o secretário-adjunto de Estado  de Saúde, Luiz Marcelo Cabral Tavares; o subsecretário de Inovação e Logística em Saúde, Bruno Carlos da Silva Porto; a superintendente de Planejamento e Finanças da SES-MG, Lidiane Silva; e técnicos do Dilson Godinho.

Durante a reunião foram apresentados pedidos de liberação de recursos e agilização de procedimentos burocráticos para conclusão de obras de grande importância para ampliação das instalações do Hospital Dilson Godinho, com benefícios para todo o sistema de saúde das regiões Norte, Noroeste e Nordeste de Minas, além dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. Atualmente, duas grandes obras estão em andamento na instituição, visando a ampliação das unidades de internação para pacientes do SUS em mais 36 leitos e novas instalações para os atendimentos da Urgência e Emergência. O Dilson Godinho disponibiliza mais de 75% dos seus leitos para internação de pacientes do SUS.

Através de convênio firmado com o Governo do Estado, foi iniciada a construção de mais uma unidade de internação que possibilitará a instalação de mais 36 leitos para pacientes do SUS. Por questões de ordem técnica, a obra sofreu algumas paralisações e houve atraso no cronograma. Entretanto, a previsão é de que até o mês de abril, os novos leitos já estejam prontos para receber mais pacientes. Parte do mobiliário e equipamentos necessários para a ativação dos leitos está sendo adquirida com recursos próprios e de emendas parlamentares.

Em outra ala da Fundação, também estão em andamento as obras de reforma e ampliação para abrigar as instalações do serviço de Urgência e Emergência. Os recursos, no valor de R$ 1.600.000,00, foram assegurados através de convênio firmado com o Governo do Estado em 2013, porém só foram liberados até agora R$ 600.000,00. Para o Pronto Socorro também estão sendo adquiridos novos e modernos equipamentos com recursos liberados através de convênio com o Ministério da Saúde, no valor de R$ 1 milhão.

O diretor administrativo da Fundação de Saúde Dilson de Quadros Godinho, Éder Tadeu Pinheiro Brandão, ressaltou da importância das duas obras para os pacientes do SUS de Montes Claros e da região, considerando a necessidade de ampliação da oferta de novos leitos. As demandas já foram encaminhadas para os setores técnicos da SES-MG e nos próximos dias deverão ser atendidas, para prejudicar o andamento das obras, conforme determinação do secretário-Adjunto.

Texto e foto : Leonardo Maciel //Sidney Cruz

Comentários

Mais do Educadora FM