Museu Regional promove roda de conversa e capoeira em Sarau pelo dia da consciência negra

O Museu Regional do Norte de Minas está inserido nas atividades institucionais da Unimontes para o mês da Consciência Negra. No dia 20 de novembro, feriado municipal em que se celebra o tema, será realizado o “I Sarau no MRNM” com duas atividades: roda de conversa e apresentação do Grupo de Capoeira “Berimbau de Ouro” – sob coordenação do Mestre Lezim.

A programação terá início às 19 horas, com participação aberta aos professores, acadêmicos e pessoas da comunidade. Segundo os organizadores, a proposta é debater “a luta dos negros contra a discriminação racial e a desigualdade social”.

Dentre os temas relacionados para a roda de conversa estão: “Religiões de Matriz Africana e sua Resistência Cultural”, com o professor André Luiz Pereira Pinho; “O Racismo no Futebol”, com Marcos Iago Siqueira Pereira, e “Racismo e Identidade”, com Vanessa de Souza Leal. Os três são professores da Unimontes.

Para quem tem o interesse de participar e receber o certificado, haverá um custo adicional de R$ 5,00 na inscrição.

MAIS ATIVIDADES

A Unimontes participa ao lado de parceiros, desde a primeira semana de novembro, de uma programação especial alusiva à Consciência Negra. Nesta semana, por exemplo, serão desenvolvidas atividades nas escolas municipais de Montes Claros, com abordagem ao “plantão educativo: racismo e intolerância religiosa”.

Também no dia 20/11, mesma data do Sarau do Museu, acontecerá a 4ª Marcha contra o Racismo e Intolerância Religiosa de Montes Claros, com saída da Praça Pio XII (Catedral), às 8 horas. O tema é: “Ancestralidade”, “Respeito” (Re) Existência” e “Democracia”.

No dia 21, na Câmara Municipal, haverá a audiência pública “Políticas públicas para o povo negro”. No dia 22, às 19 horas, no hall do prédio 1/CCSA, acontecerá a mesa redonda “O Processo de desestigmatização das religiões de matriz africana”. E no dia 29, o evento “Cultura afro em movimento” encerra as atividades, às 18 horas, no estacionamento da Biblioteca Central da Unimontes.

Pela Unimontes e parceiros como o Conselho Municipal da Igualdade Racial, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Diretório Central dos Estudantes (DCE), Centro Nacional de Africanidade e Resistência Afro-Brasileira – Norte de Minas, Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros (NEAB/Unimontes), Programa de Educação Tutorial em Ciências da Religião (PETCRE/Unimontes) e pela organização pró-movimento negro estudantil da Unimontes.

Já foram realizados o I Encontro da Juventude Negra, a Marcha Universitária contra o Racismo e a Intolerância Religiosa e o lançamento de “Trilhas Descoloniais” – vídeos sobre cantigas de Umbanda, além da exposição “Africanidades e Religião” e a mesa redonda “Ciência negra para a descolonização do saber”.

 

Ascom: Unimontes /// foto: Divulgação

Comentários

Mais do Educadora FM