Com 25 telas, exposição “Insustentável: Um Eco na Arte” é atração no campus-sede da Unimontes

Insustentável: Um Eco na Arte”. Este é o título da exposição itinerante de obras que será aberta no hall do prédio 1, no campus-sede da Unimontes, nesta quinta-feira (10/10), às 19 horas. O acesso é gratuito. A mostra reúne 25 obras de artistas de 15 nacionalidades, que fazem parte do acervo do Museu Regional do Norte de Minas (MRNM/Unimontes), doadas pelo Banco Bozano Simonsen.

 

A iniciativa é da Associação dos Amigos do Museu, em articulação com a direção e a curadoria do MRNM. Segundo os organizadores, a exposição itinerante é o marco inicial das atividades da Associação, criada com objetivo de contribuir com o trabalho do Museu Regional na conservação do patrimônio histórico, da cultura e das tradições da região.

“Insustentável: Um Eco na Arte” foi motivada pela Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento, a Eco 92, realizada no Rio de Janeiro. “Vinte e sete anos depois da conferência, a exposição coloca em evidência a discussão sobre ecologia, o desenvolvimento sustentável e a preservação dos recursos naturais. Aborda a relação conflituosa do homem com a natureza e persiste na segunda década do século XXI ecoando na arte”, afirma o artista plástico Daniel Rocha, presidente do Conselho Administrativo da AAMRNM.

A mostra seguirá no campus-sede até 29 de novembro e, entre as obras expostas, é possível observar o diálogo de artistas de 15 nacionalidades que tratam do tema sob diversos olhares como: a grandiosidade da natureza e sua presença em nossas vidas e cotidiano, a relação do homem com o natural e a denúncia acerca da exploração desequilibrada dos recursos naturais em um caminho de autodestruição.

O caráter de denúncia é apresentado com força na obra do colombiano David Manzur, intulada “Requiem Para Un Paisaje Amazónico” em tradução livre “Luto Pela Paisagem Amazônica”. Já no trabalho obra de Miguel Von Dangel, alemão radicado na Venezuela, é observada a universalidade do tema bem como a universalidade dos impactos ambientais que, geralmente, são produzidos localmente.

O alerta para a necessidade de harmonia entre homem e meio ambiente perpassa toda a coleção e tem como uma das obras marcantes a produção de Carlos Vergara que, utilizando pigmentos naturais, extrai da natureza o necessário para sua realização artística.

SERVIÇO

Exposição “Insustentável: Um Eco na Arte”

Onde: Hall prédio 1 – prédio 1 do campus-sede

Até quando: 29 de novembro

Entrada: gratuita

O que pode ser conferido: 25 obras de artistas de 15 nacionalidades, do acervo do Museu Regional do Norte de Minas (MRNM)

Apoio: Luzmoc e Megaprint Convites

 

Ascom : UNIMONTES

 

 

Comentários

Mais do Educadora FM