AMASBE incia processo de fiscalização dos serviços da Copasa em Montes Claros

A Agência Municipal de Água, Saneamento Básico e Energia de Montes Claros (AMASBE) já definiu sua nova diretoria e vai intensificar as ações de fiscalização do contrato de concessão com a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa). A nova diretoria é composta pelo secretário municipal de Infraestrutura e Planejamento Urbano, Guilherme Guimarães, que é o diretor-presidente; Melquíades Ferreira de Oliveira, diretor técnico-operacional; Sebastião Prates, diretor administrativo e financeiro; Celeste Leite Fróes, secretária-geral; Raul Alencar Soares, assessor jurídico; Camila Santos Cordeiro, diretora de qualidade e fiscalização; e as engenheiras químicas Lorena Maria Guimarães Alves e Luma Soares Costa.

Guilherme Guimarães enfatizou que a primeira reunião da diretoria, realizada no dia 16 desse mês, teve por objetivo “discutir as ações para a fiscalização da prestação de serviços da concessionária de água e esgoto de Montes Claros (Copasa) estabelecer os primeiros procedimentos para avaliar a qualidade do serviço prestado, verificando o cumprimento das cláusulas contratuais, como valores cobrados, qualidade da água, preservação dos mananciais e a parceria com o Ministério Público”.

Para melhorar a comunicação com o usuário, foi sugerida pelos membros a criação de um canal de comunicação (site) para a formalização de denúncias por parte da sociedade, além da estruturação do Conselho Participativo e a criação de uma ouvidoria. Na sexta-feira passada, 20, os membros da agência estiveram reunidos com o promotor de justiça Felipe Caires, que repassou diversas recomendações quanto à estratégia de atuação da AMASBE para esse ano.

Texto e Fotos: Rubens Santana

Comentários

Mais do Educadora FM