Novo Doutor Honoris Causa, Humberto Souto destaca a Unimontes como “a verdadeira fábrica da cultura”

Prefeito foi condecorado com o título mais importante da Universidade, em reconhecimento aos trabalhos públicos para o ensino superior

“A Universidade pública é um achado de Deus, uma coisa que transcende a importância de uma cidade. Por isso, sempre trabalhei muito pela Unimontes”. O depoimento é do prefeito de Montes Claros, Humberto Souto, que recebeu na noite dessa segunda-feira (23/9), o titulo de Doutor Honoris Causa da Universidade Estadual de Montes Claros. A entrega do título, aprovado pelo Conselho Universitário (Consu), fez parte das comemorações dos 30 anos de estadualização da instituição superior.

A cerimônia foi presidida pelo reitor Antonio Alvimar Souza, no auditório Mário Ribeiro da Silveira, no prédio 6 (campus-sede), e contou com expressiva participação de autoridades e convidados, incluindo deputados, vereadores, secretários municipais e dirigentes de entidades de classe, juntamente com ex-reitores, integrantes da gestão superior, professores, servidores e acadêmicos.

O homenageado foi saudado pelo ex-reitor Paulo César Gonçalves de Almeida, que recordou a atuação de Humberto Souto ao longo sua vida pública – como vereador, deputado estadual, deputado federal e ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) – em prol do desenvolvimento de Montes Claros, do Norte de Minas, do Estado, do País e, sobretudo, a favor da universidade pública.

“Hoje, exaltamos o passado histórico e exemplar e de um grande construtor do presente e do alicerce do futuro. Humberto Souto ultrapassa o tempo do seu nascimento. Busca no passado octogenário a semente que fez e faz brotar toda uma história de várias páginas”, disse o ex-reitor, destacando que, em toda função que exercida ao longo da vida pública, o novo doutor Honoris Causa da Unimontes, procurou dar a sua contribuição para a melhoria da sociedade.

Almeida citou várias ações desempenhadas pelo homenageado durante sua atividade parlamentar em favor da instituição universitária, desde os tempos da antiga Fundação Norte Mineira de Ensino Superior (FUNM), transformada na atual Unimontes. Lembrou o trabalho para a liberação de recursos e o empenho do atual prefeito de Montes Claros e ex-deputado para que a universidade alcançasse o seu reconhecimento federal, o que proporcionou sua autonomia, a criação de novos cursos e a implantação dos campi.

“Humberto Souto fez história em toda trajetória na vida pública, marcada pela conduta honesta e ética. De maneira incontestável, é um dos maiores benfeitores da Universidade Estadual de Montes Claros”, assinalou o ex-reitor.

UNIVERSIDADE, MOTOR DO DESENVOLVIMENTO

Ao agradecer pela distinção, o prefeito Humberto Souto relembrou passagens de sua vida familiar, da carreira profissional (fez o curso secundário de contabilidade e graduou-se em Direito) e da sua trajetória na atividade pública. Ele dedicou boa parte do discurso ao trabalho desempenhado a favor da universidade e á importância da instituição superior.

“Sempre enxerguei a Unimontes como a coisa mais importante de Montes Claros”, declarou. “A Universidade é a maior geradora de riquezas da região”, declarou o prefeito, lembrando que a instituição gera milhares de empregos e atrai uma grande quantidade de famílias para a cidade.

“A Universidade se transformou em um motor de desenvolvimento para Montes Claros. Mais do que isso: é uma fábrica de cultura, uma coisa extraordinária”, assegurou. “O trabalho que fizemos ao longo de muitos anos foi no sentido construir obra maravilhosa, que é este instrumento formidável que nos ajuda a proporcionar dias melhores para Montes Claros e para o povo. A Universidade mais importante para mim não é a Sorbonne, mas a Unimontes, a minha universidade”, concluiu Humberto Souto.

Ao encerrar a cerimônia, o reitor Antonio Alvimar Souza destacou a atuação do novo doutor Honoris Causa no apoio à Universidade e o seu “trabalho exemplar”. Ele aproveitou as presenças das autoridades e dos representantes dos diferentes segmentos da sociedade para agradecer e fazer um apelo de união em torno da Unimontes.

“Agradeço a todos. Que possamos juntos, a partir da Universidade, pensar em prol do Norte de Minas, na possibilidade de uma mentalidade e de uma cultura de desenvolvimento, de melhoria das nossas condições de vida, acima das querelas políticas e pessoais. Que o desenvolvimento do Norte de Minas seja o nosso primeiro foco. Que, independente de nossas crenças, possamos juntar forças para construirmos juntos uma sociedade melhor”, convocou o reitor.

Comentários

Mais do Educadora FM