Aprovada na Câmara lei que proíbe comerciantes de descartar garrafas de vidro no lixo comum

A Câmara Municipal de Montes Claros aprovou na manhã desta terça-feira, 3 de setembro, o Projeto de Lei 15/2019, que obriga revendedores, fornecedores, comerciantes e fabricantes a coletar, armazenar e dar destinação final às embalagens de vidro não retornáveis, como garrafas long neck e de vinho.

Com a aprovação dessa lei, os proprietários de estabelecimentos que comercializam essas bebidas não poderão mais descartar as garrafas vazias no lixo comum. Além de trazer benefícios para o meio ambiente, a nova lei também irá evitar acidentes entre os servidores da coleta de lixo, que têm sido vítimas frequentes de objetos cortantes. 

Para o secretário municipal de Serviços Urbanos de Montes Claros, Vinícius Versiani, a nova legislação vem complementar a  recente Lei Municipal de Resíduos Sólidos, aprovada em setembro de 2018 e que impôs penas mais duras para aqueles que não zelam pela limpeza da cidade: “a nova lei vai contribuir na parte ambiental, além de dar maior segurança aos servidores da limpeza da Prefeitura”.

Um outro resultado esperado dessa nova lei é o incentivo à prática da reciclagem, beneficiando catadores e gerando assim emprego e renda.  

Acom: Câmara Municipal de Montes Claros

 

Comentários

Mais do Educadora FM